Jovem é preso ao tentar comprar examinador do Detran em Cuiabá

detran-suborno-autoescola-matogrossoUm homem foi preso em flagrante por corrupção ativa por oferecer propina para um examinador do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) aprová-lo no teste prático de direção veicular. De acordo com o depoimento do examinador, o candidato T.P.S, de 19 anos, não parou o veículo em local determinado e havia interrompido o funcionamento do motor após o início da prova, o que o levaria a reprovação.

Foi quando ele perguntou ao examinador se não teria outro jeito de aprová-lo e ofereceu R$150,00 informando que depositaria mais R$ 250 na conta do examinador, totalizando R$ 400,00. O flagrante ocorreu com a orientação da Coordenadoria de Fiscalização de Credenciados (CFISC).

O examinador gravou a conversa e quando teve a certeza que o material seria suficiente para a materialidade delitiva, recebeu o valor, parou o carro próximo aos policiais que fazem parte da equipe da CFISC e que realizaram o flagrante. Toda a autuação da equipe do CFISC, tanto a abordagem como a entrevista com o suspeito, foram filmadas.

O suspeito foi conduzido para a Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva) juntamente com o valor apreendido.

Fonte: FolhaMAX

Cuiabá lança projeto pioneiro na educação no trânsito

projeto-primeiros-passos

Com o objetivo de contribuir na formação dos novos condutores de veículos da capital, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana  lançou na manhã desta terça-feira (29), o projeto “Primeiros Passos de um Motorista”. O projeto visa resgatar os princípios e valores do respeito ao próximo como ferramenta primordial para melhorar a qualidade de vida no trânsito. “Com este lançamento, Cuiabá se torna o primeiro município brasileiro a  contribuir na formação de um novo condutor. Um projeto pioneiro”, destacou o secretário de Mobilidade Urbana, Thiago França.

continue lendo →

Campanha leva mensagens de conscientização no trânsito em ônibus e táxis de Cuiabá

leiseca-educacao-no-transito-taxiSe você mora em Cuiabá, com certeza já deve ter visto pelas ruas a campanha da Operação Lei Seca Mato Grosso, pois recentemente dezenas de Táxis e ônibus foram adesivados, além de alguns outdoores pela cidade.

Coordenada pela Escola Pública de Trânsito do DETRAN/MT e colaboração de parceiros envolvidos, além de ações educativas, consta o incentivo ao uso do táxi como alternativa de transporte seguro para aquela pessoa que ingeriu bebida alcoólica.

O publicitário Wagner Rosati, responsável pela Wrcc Design, criou a arte conceito da campanha, que foi finalizada pelo Gabinete de Comunicação do Estado de Mato Grosso, para a produção de taxidoors, que foram custeados pelo Sindicato das Seguradoras.

Esta aproximação do publicitário com a Escola Pública de Trânsito, aconteceu através de seu projeto Vá Nesta Direção, que busca através das redes sociais, conscientizar o cidadão para a educação no trânsito.

A iniciativa motivou a regulamentação da adesivagem de taxis para fins educativos e de utilidade pública, mediante decreto municipal.  A fixação dos adesivos tem sido realizada com o apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá – SEMOB, Sindicato dos Taxistas – SINTAC e da Associação dos Taxistas – AMAT.

IMG-20151026-WA0013Para Renata Neves, Coordenadora da Escola Pública de Trânsito do DETRAN/MT, é primordial o envolvimento da sociedade civil como co-partícipe do processo de fomentar a mudança cultural e comportamental capaz de dissociar a  ingestão de bebida alcoólica da condução de veículos automotores, a fim de evitar novas vítimas no trânsito.

operacao-lei-seca-cuiabaAlém dos taxidoors, o Grupo Vá Nesta Direção, através da WRCC Design, criou a arte conceito para a produção de busdoors e de adesivos para pontos de ônibus, custeados pela Associação dos Mutuários de Transportes Urbanos – AMTU e que vêm sendo instalados pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá-SEMOB.

Espera-se que a massificação da mensagem de que bebida e direção não combinam possa alerta a população sobre a necessidade de mudança de comportamento, a fim de que não dirijam após ingerir bebida alcoólica e nem permitam que pessoas próximas o façam.

Afinal, como bem frisa uma das artes criadas pelo Grupo Vá Nesta Direção (WRCC Design) para a campanha, “amigo não deixa amigo beber e dirigir”.

Estacionamento: pintar meio-fio de amarelo e criar sinalizações resulta em punições

faixa-amarela

Muitos motoristas não tem conhecimento sobre restrições e regras sobre estacionamento em vias públicas. Já outros “espertinhos” tentam burlar a lei em proveito próprio danificando calçadas e criando sinalizações falsas.

Os lojistas pintam o meio-fio de amarelo em frente às lojas para os carros não estacionarem no local. Esse tipo de ação é ilegal, em caso de flagrante a Polícia Militar conduzirá os envolvidos para a delegacia, onde será realizado o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e, posteriormente, serão julgados, podendo receber punições de acordo com as circunstâncias das ações.

Se a calçada já for amarela e precise de manutenção a pessoa deve procurar o órgão responsável e realizar um ofício para solicitar a manutenção da pintura. A pessoa também pode entrar em contato com a prefeitura.

Vários motoristas se enganam ao pensar que somente o meio-fio amarelo regulamenta a proibição de estacionamento. Na verdade, a pintura no meio-fio é uma sinalização de apoio para a placa sinalização vertical.

Se o quarteirão tiver até 60 metros, a placa que estiver implantada no eixo vale para todo o quarteirão. Se o quarteirão for maior, é necessário que haja a sinalização de indicação de término do trecho proibido. Se houver continuidade do trecho proibido, deverá haver nova placa até 80 metros depois, regulamentando a continuidade da proibição.

Quem burlar as leis de trânsito pode receber infrações entre leves (3 pontos na carteira e multa de R$ 53,20 ), médias (4 pontos na carteira e multa de R$ 85,13 ) e graves (5 pontos na carteira e multa de R$ 127,69).

continue lendo →

Palavras de um Agente de Trânsito

Agente de Trânsito

Palavras de um Agente de Trânsito

O dia 23/09 foi intitulado como “Dia do Agente de Trânsito”.

Em suas funções o Agente de Trânsito tem que ser:
Perspicaz para entender e solucionar os problemas diários que chegam a ele.

Tem que ter habilidade pra solucionar conflitos no trânsito de pedestres e veículos.

Tem que ter paciência para suportar as reclamações de pessoas estressadas que foram notificadas ou que precisam acessar uma via bloqueada e são impedidos por algum motivo.

E incompreendido quando remove algum veículo por desrespeito à legislação de trânsito.

Criticado quando utiliza as prerrogativas do art. 29 pra tentar chegar ao local do conflito que fora chamado.

E amado quando está operando uma faixa de pedestres.

Costumo a falar que pra ser Agente de Trânsito o profissional tem que ser psicólogo pra saber quando o condutor está querendo lhe enrolar, mediador para solucionar conflitos, advogado para conhecer as leis para punir infratores e se defender dos mesmos, anjos pois salvam vidas, enfim é um profissional multifuncional.

Em Cuiabá somos conhecidos como “Amarelinhos”, as vezes carinhosamente ou pejorativamente.

Em resumo o Agente de Trânsito veio pra contribuir e amenizar o problema do século que é a Mobilidade.

A função de Agente de Trânsito é de suma importância, senão não teriam tantas brigas pra tomarem suas funções.
Mesmo diante de tantas atribulações é um serviço gratificante.

PARABÉNS A TODOS OS AGENTES DE TRÂNSITO PELO SEU DIA.

Marcel Lopes – Agente de trânsito na cidade de Cuiabá-MT

Medicamentos Incompatíveis com o Condutor

Medicamento perigosos para motoristas

Os primeiros medicamentos surgiram na idade da pedra lascada…
… mas “não” como os conhecemos atualmente,
pois naquela época tudo era transbordante de instintos.

Lá,
“eles” deveriam possuir um forte componente psicológico,
fundamentado principalmente em crenças e ritos mágicos,
que certamente estavam aliados muito mais,
ao emprego de plantas curativas…

continue lendo →

A EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO (Estamos educando!?)

educacao-para-o-transito

Mas o que é “Educação” ?

A palavra tem origem do latim “education”,
que seria algo como o “ato” de conduzir, guiar, criar, agir…

A “Educação” – em suas bases teóricas – é um processo entre alguém que educa e alguém que é educado…
…mas podemos aventurar por vezes em carreira solo – isto é; educando a nós mesmos -,
somente observando o que nos rodeia
num delicioso paradoxo.

continue lendo →

Vá Nesta Direção participa da Reunião pró Lei Seca em Mato Grosso

sei-seca-mato-grosso
Beber e dirigir. Teoricamente, todos sabemos que essa combinação está errada. É infração grave. Na prática, porém, é diferente. No comportamento do povo brasileiro, esse flagrante delito é cultural e vem se arrastando desde sempre, apesar de campanhas e das inúmeras ações repressivas e educacionais que vem sendo desenvolvidas em todas as regiões do Brasil.

continue lendo →

“TAXISTA”, UM PROFISSIONAL do TRÂNSITO.

taxista

Parece-me completamente equivocada a ideia que certos “motoristas de taxi” possuem, sobre o “senso real” e da importância que estes representam, para a mobilidade urbana.

Saibam que nem todos os heróis usam capas, e que alguns preferem usar simplesmente, a responsabilidade coletiva.

A ironia, é que tanto aqueles motoristas “que cumprem o seu dever” conduzindo estes veículos, quanto os “que não cumprem”, estão sendo completamente desqualificados pela população…Algo do tipo: “Olhei em volta… e não vi nem Deus e nem os anjos”.

Para certos motoristas o desconhecido e o proibido são a mesma coisa…Avançam com o sinal no vermelho (Como se a “vida” fosse mercadoria).

– Ultrapassam pela direita de outros veículos ou pelos acostamentos, assumindo o papel de “público”, “audiência”, “telespectadores”, e não de “participantes”.

continue lendo →