O MELHOR é ser MOTOQUEIRO?

motoqueiro

Ontem na sinaleira, lado a lado, duas motos frearam respeitando o sinal de “pare”.

 Uma delas mostrava-se familiar, e apesar de não fazer parte desta “tchurma” concluí que poderia ser uma típica 125 cc -,…

…no entanto a outra, parecendo zombaria, contentou a tão só ofertar seu certificado de existência.

(era impossível medir a sua robustez de tão “imensa”)

Tentem idealizar com a própria cobiça encarnada…

(aquela “moto gigante” que acredito ser o “desejo” de qualquer motociclista juramentado)

 Colossal…

continue lendo →

ONSV alerta para as 10 principais causas de acidentes nas vias e rodovias

causas-de-acidentes

A segurança no trânsito é fundamental. Ninguém, quando sai de casa para cumprir um compromisso, utilizando qualquer modal de transporte, ou mesmo se estiver a pé, pensa ser vítima de um acidente de trânsito. Mas eles acontecem em número expressivo nas vias e rodovias do país. Não adotar comportamentos que ponham em risco a sua vida, a de outros motoristas, de passageiros e de pedestres deve ser meta de cada um.

Tanto quanto isso, porém, alguns outros fatores interferem na condução segura.  A manutenção do veículo e as condições das vias influenciam sobremaneira a ocorrência de acidentes.  Desse modo, é possível concluir que eles derivam de três fatores:  humano, veicular e  vias.

Firme em seu propósito de contribuir para a redução de ocorrências de trânsito que em 2014, segundo dados do DataSUS, tiraram a vida de aproximadamente 44 mil pessoas, o OBSERVATÓRIO alerta para as 10 principais causas de acidentes no trânsito brasileiro.

Fator humano:

  • Excesso de velocidade.
  • Beber e dirigir.
  • Combinação celular/direção.
  • Não usar setas que indicam as intenções de manobras.
  • Não guardar distância do veículo que vai à frente.

Fator veicular:

  • Deixar de fazer a manutenção regular no veículo (com atenção especial aos pneus, freios, faróis, lâmpadas, luzes, limpadores de para-brisa, vela, filtros, correia dentada, radiador, sistema elétrico e combustível).

Vias:

  • O estado de conservação.
  • As condições da sinalização.
  • A falta de acostamento.
  • A falta de passarelas.

Fonte: ONSV

Maio Amarelo na Ação Global em Mato Grosso

maio amarelo em Mato Grosso

Neste sábado (21/05) aconteceu a Ação Global, uma parceria do SESI com a Rede Globo para oferecer serviços gratuitos para sociedade. O evento acontece desde 1991, e atinge várias capitais de todo o Brasil

Este ano o Maio Amarelo esteve presente no evento, alertando e conscientizando a população para um comportamento mais humano no trânsito, respeitando as leis e a vida humana.

O simulador de Direção que foi colocado a disposição para que as pessoas pudessem  fazer um “test drive” foi um sucesso, filas se formaram e as crianças vibraram na vontade de “brincar”, mas alertamos que quando chegar a hora eles vão ter a chance de aprender e perceber que o trânsito é coisa séria.

Vá Nesta Direção também esteve presente e registrou alguns momentos.

Maio Amarelo - Sesi - Ação Global Maio Amarelo - Sesi - Ação Global Maio Amarelo - Sesi - Ação Global Maio Amarelo - Sesi - Ação GlobalMaio Amarelo - Sesi - Ação GlobalMaio Amarelo - Sesi - Ação GlobalMaio Amarelo - Sesi - Ação Global 

Acidentes ou Imprudência?

acidentes-ou-imprudenciaTodo o dia é quase a mesma coisa…
A vida acorda
e com “adaga” na mão,
lança o convite para um combate de vida e morte.

E como sempre
acreditamos que a intuição fará milagres.
Mesmo para o “condutor novato” mais desajeitado,
o problema assim definido,
por vezes simplifica-se.

E para aqueles “condutores” que já circularam o Sol,
um número significativo de vezes,
eis uma questão cuja resposta
só é fundada na sua experiência particular.

E assim o ato de dirigir perigosamente,
com falta de moderação, de precaução ou de cuidados de alguns…
…realmente torna o “assunto”,
um lugar interessante de visitar.

continue lendo →

O Ônibus Eletrônico da Choque?

Em Porto Alegre utilizei o bonde, e não o ônibus elétrico…
… mas confesso que não levei choque,
nem soube de alguém que o tenha levado…

Saibam que durante 60 anos,
aqui na capital do Rio Grande do Sul,
o bonde elétrico reinou supremo sob o domínio intitulado
“rei do pedaço urbano”…

…por isso quando o “reencontro” na lembrança (como agora),
sinto um cheiro de “nostalgia”,
que mistura mágica e também saudades.

continue lendo →